24 de janeiro de 2014

Preço não é sinônimo de qualidade



  • Dica do Dia: Preço não é sinônimo de qualidade. Não é porque o preço é alto que vai ser sempre bem feita ou feita da forma correta em todos os aspectos. Tem muito picareta que cobra caro barbaridade e faz fiasco na pele das pessoas. E tem muito artista de mão cheia que é porcão para caramba. Veja ambiente, recomendações, portfolio de fotos verdade e não falsificado, legalidade. E com certeza top não é baratinho é mais caro que um que um produto de consumo descartável. È arte tem seu valor e respeito, não se barganha.
  •  Bom tatuador quer estar pensando de que melhor forma ele fara a tatuagem e não em negociar preço, fazer jogada, dar descontinho. Tem quem canse, e seja até mal educado, a gora pensa o animo de fazer o seu melhor não sendo respeitado ou valorizado, isso vale para tatuadores de verdade. 
  • O conceito de caro depende de seu interesse necessidade e capacidade de pagar por aquilo que procura. O cara de um é o barato de outro e não para ficar batendo cabeça. Isso vale para o também para o piercing e para tudo na vida. 

20 de janeiro de 2014

Querendo fazer uma perfuração

  • Ha dias pensando no que fazer par deixar o blog mais atualizado, até que hoje eu pensando e me ligando de duas situações que acabaram de acontecer.
  • Vieram duas moças ao meu estúdio uma delas ate indicação de outro estúdio. As duas já tinha colocado  e tirados seus piercings de umbigo, elas também trouxeram suas joias já mão. A primeira estava com a joia com a pedra rachada, que em breve ficaria amarela e cairia, a segunda tinha um cacho de uva. Não dava para usar nenhuma das delas.  Não dava para esterilizar. E elas também não deram muito valor  e foram embora.
  • Assim vejo que o nível do cliente de piercing esta baixo, e cabe a que leva a sério a perfuração corporal trabalhar  por dois ou três, por ter muito cara sem noção fazendo e a pessoas sem noção  nivelam o trabalho como qualquer sujão faria. Os pseudopierceros as meninas e pessoas afins tem que valorizar melhor que faz piercing assim como a própria saúde. Não da para fazer um de qualquer jeito e querer perfeição ou não ganhar uma cicatriz.
  • Nos EUA a mais de 20 anos vejo vídeos dos profissionais já usando joias esterilizadas, e essa informação já esta bem difundida no Brasil a 10 anos. Não tem desculpa para quem se diz profissional usar joias sujas da vitrine ou da mão do cliente... No mínimo uma desinfecção de alto grau. E não é passando um álcool em casa que vai realmente esterilizar. Isso uma autoclave faz de verdade. Dicas:  
  • Não reaproveite seu piercing velho, engavetado a anos junto com outras tranqueiras;
  • Não troque com amigos a joia que será usada em uma perfuração nova;
  • Não use o cateter mais de 1 vez;
  • Não compare o preço trabalho das pessoas, guarde para si sua opinião e tire a melhor conclusão que puder;
  • Não se meta com qualquer “Zé ou Fred da vida” que pensa que tudo se resume a um furinho, que se usa uma tesoura de criança;
  • Não pense que uma joia de usa profissional de verdade (  muitas importadas dos EUA ou UK) é igual a uma xing ling de R$ 7,50 na lojinha de bijou;
  • Não descarregue sua ansiedade sua ansiedade no piercer, temos sentimentos e o saco fica cheio;
  • Se você é gorda não faça um piercing no umbigo, se anatomia não ajuda, não dá, so pessoas com pouca experiência ou que so querem a grana vão colocar;
  • Argolinhas sem esfera são ruins, e muitas são um lixo;
  • Piercings que são conhecidos como joias banhadas a ouro não servem para colocação inicial;
  • Tenha bom senso, se não tem, estude ou procure alguém que tenha, isso evitara muita dor de cabeça;
  • Não pense em colocar penduras feitos de qualquer coisa, eles são pesados, oxidam, caem as pedras e prendem em tudo.