15 de dezembro de 2017

Piercing de Nariz

Um problema muito comum relacionado a má qualidade de joias usadas em piercings. Neste post voltados a alerta a interessados em que a base de peças chamadas nostril  de predinhas ou cristais em piercing de nariz. a solda não feita com o mesmo metal que o gancho o famoso aço cirúrgico.  Causando oxidação junto a pele, amarelando a pedra, manchando a pele e muitas vezes infeccionado a perfuração. Devem ser evitadas não se deve comercializar por causar danos a quem usar.   






Rosca Externa


20 de novembro de 2017

Leo Tattoo nos visita

Com muita satisfação temos esse ótimo profissional da tattoo Leonardo entre  os dias 27 e 02 próximos, agende seu horário, venha conhecer  e conferir a Cia do Piercing 

10 de outubro de 2017

Linda Argolinha de Titânio

Ha muito joias de aço não são as melhores, o titânio conquistou devido a sua qualidade, quando uso também nas ligas recomendadas pela medicina, agilidade, conforto e melhor cicatrização. dourado só se for titânio ou ouro mesmo.


14 de setembro de 2017

Piercings modernos e mais seguros para substituir brincos com tarachas que machucam. Hastes em titânio com rosca interna que permitem o uso destes tops com pedras de opala

27 de junho de 2017

Dia do Piercing

O Dia Internacional do Piercing Corporal comemora-se anualmente a 28 de junho.
Foi escolhido este dia por ser a data de aniversário de James Mark Ward (Jim Ward), o norte-americano que abriu o primeiro estúdio profissional de piercing na Califórnia em 1978: o Gauntlet. A data terá sido criada por um amigo de Jim Ward para promover padrões de segurança pela indústria e para continuar o legado de Ward.
Esta data celebra a arte da perfuração corporal e todos os profissionais da indústria. Estão também de parabéns todas as pessoas com piercings espalhadas pelo mundo. Acredita-se que esta arte de modificação corporal data já da pré-história, sendo utilizada quer por homens quer por mulheres, com diferentes fins, desde rituais de passagem, rituais religiosos, ornamentação corporal, entre outros.
Neste dia é possível fazer e comprar piercings a preços especiais, tornando-se assim este o dia do ano ideal para se ser ousado e para se mudar a imagem através da perfuraração do corpo.

17 de junho de 2017

Tudo começou com o Black Line

REVERTIDAS COM PVD DE QUALIDADES DIFERENTES.

É preciso ter humor

TUDO COMEÇOU COM UMA BOA INTENÇÃO MOSTRANDO A DIFERENÇA NA SUA PELE DE UMA ROSCA INTERNA E UMA ROSCA EXTERNA DO SEU PIERCING 


AS PESSOAS E EMPRESAS COMEÇARAM A USAR PARA DIVULGAR SUAS MARCAS



UM PIERCER MUITO BOM FEZ ESSE MEME E MUITA GENTE BATEU BOCA, CABEÇA E AMIZADES FORAM ÁGUA A BAIXO.




ENQUANTO ISSO LA FORA DO BRASIL DE ONDE VEIO AS PESSOAS GOSTARAM E DEIXARAM DE GOSTAR, MAS NÃO OUVE EXCESSOS, NÃO SE DEU IMPORTÂNCIA DEMAIS A ALGO DE MENOS


E ENQUANTO ISSO JA DESENVOLVERAM PARA ALGO MAIS MODERNO E PRATICO
ENQUANTO A ÍRA TOMAVA ESPÍRITOS



ESTE É O MUNDO DO PIERCING

TODAS IMAGENS COLHIDAS NAS REDES SOCIAIS, NÃO SEI QUEM FOTOGRAFOU AS JOIAS UMA RUIM DE AÇO E ROSCA EXTERNA E OUTRA EM TITANIO COM ROSCA INTERNA. RESPEITE SEU PIERCER ELE BRIGA COM OS AMIGOS POR UMA CAUSA COMO UMA ROSCA. E MEU REINO POR UM COSSINETE.

25 de maio de 2017

Método Americano e Método Europeu

Este artigo busca situar no tempo através de fatos envolvendo pessoas praticantes da perfuração corporal a anos atras, registrar a história do piercing moderno para que não se percam relatos, imagens, dados e retratando a historia registrada podendo ser mudada com o desenrolar de novos fatos e aprofundamento no assunto. De qualquer forma este artigo poderá sofrer mudanças para sua melhora, agradeço a ajuda dos envolvidos e serve aos que amam o Body Piercing.

Fazendo parte de perfurar o corpo a maior preocupação das pessoas é se vai doer e com a técnica apurada, dói pouco mesmo. E o primeiro pensamento do bom perfurador corporal é como encaixar a joia de melhor forma, se vai cicatrizar e como sera seu procedimento entre os equipamentos temos as agulhas. Aqui no Brasil como em boa parte do mundo temos dois métodos, quanto a profissionais para fazer os Piercing: o método americano e o método europeu tem a principal diferença do cateter ou sinônimo de cânula e oficialmente reconhecido pelo governo a utilização de cateteres por estes terem registro na Agência de Saúde Nacional, enquanto a agulha para piercing ainda esta em fase de registro no tempo que este artigo foi escrito.

O jeito de fazer perfurações constantemente se transforma e a forma atual já esta bem desenvolvida e os insumos mais sofisticados com a globalização, vale o registro de fatos que influenciam a indústria do Piercing até hoje e fazem profissionais apontarem pros e contras de ambas as técnicas. Os Estados Unidos da América pode ser considerado  pioneiro, assim como Inglaterra estes experimentaram e compartilharam experiências a fim de evoluir e evoluir entre elas o desenvolvimento da joalheria, instrumental, agulhas, técnicas.




Foto: Jim Ward Gauntled e BMEZINE


 A produção de joias e das agulhas necessárias à inserção na pele estava em seu começo. Neste período se usavam pistolas manuais improvisadas em alicates, grampos e engenhocas com pregos e ponta de metal considerem anos 70.

Foto: Jim Ward Gauntled
Foto: Jim Ward 

Gauntled  Com o inicio dos anos 80 começou a epidemia do vírus HIV que provoca a Síndrome da Imunodeficiência Adquirida AIDS se faz então necessário a partir dai o uso de material descartável, como as agulhas, e não apenas queima-las em chamas de fogo e lava-las em água fervente. Muito se improvisou com agulhas de uso veterinário e hipodérmicas retirando-se a parte de trás (o encaixe da seringa) de agulhas mais calibrosas, os mais amadores usavam agulhas de costura e linhas na perfuração até abrir espaço, durante um tempo e este pensamento ecoa até hoje. E durante a década de oitenta a Gauntled, em Los Angeles, Califórnia onde foi aberta a primeira a loja de piercing do mundo, e New York posteriomente, fundada por Jim Ward e Doug Maloy e desde 1975 já desenvolviam o método americano de se fazer perfuração corporal, e já confeccionavam os próprios materiais, joias de rosca externa, pressão e estavam desenvolvendo suas agulhas para perfuração corporal assim. 

Sentindo a necessidade de melhoras na aplicação das joias, tentaram proteger as roscas externas com cera, não sendo funcional partiram rapidamente para o desenvolvimento de joias com roscas internas, tendo melhor acabamento e sendo mais difícil de fabricar, também tornando o processo mais lento e com mais perdas.Assim investindo tempo e recursos para desenvolver joias mais complexas em medidas pequenas. Hoje se exige esse padrão para membros das APP Associação de Perfuradores Corporais Profissionais. Enquanto isso na Inglaterra a cena acontecia com as agulhas e joias com rosca externa e o porque dessa relação entre joias e agulhas, é direta, Inicio dos anos 90 também ambos os polos do piercing mundial seguiam o mesmo caminho, porem com a dificuldade na importação das joias americanas, na demora na fabricação e entrega os ingleses começaram a confeccionar suas próprias, uma pioneira foi a WILDCAT de Brighton, e como cita o Master Piercer Paul King em relato de maio de 2017, depois gentilmente fornecendo material do acervo da APP, com a colaboração de Matte Erickson temos a quem é atribuído o desenvolvimento da técnica europeia podendo ser chamado também de método europeu ou britânico Paul King, membro fundador da APP me relata o seguinte trecho em uma conversa:


 Little known fact. Professional UK piercers used "regular" style needles BEFORE cannulas. Patrick Bartholomew discussed the innovation in the March 1991, issue 9 of Pauline Clarke's Piercing World magazine. He gives credit for this new technique to piercer Phil Barry of Body Art Tattoo in Bristol. Some interesting bit of UK piercing history...the introduction of the cannula needle technique...asan innovation in March, 1991!
FOTO: PAUL KING, REVISTA PIERCING WORLD


Piecing World magazine/Body Piercing Archive, Paul King

 Um piercer de Bristol começou a usar agulhas com cateter intravenoso, estas usadas para punção em veias e também uso veterinário, para aplicar joias com rosca externa e isso se fez uma revolução para o período o piercer Phil Barry do Body Art Tattoo pela Revista Piercing World por Pauline Clarke e Patrick Bartholomew em março 1991, edição numero 9 e rapidamente se popularizou essa forma de trabalho. Tanto o método europeu se popularizou que o pioneiro brasileiro Piercer Profissional André Meyer trouxe consigo experiências que teve na Europa 1992/1993 entre elas a técnica considerada profissional no Brasil de perfuração durante muitos anos e esta usando cateter ou cânula aprendida em Londres. 

Em seu Livro Lindo de Doer André Meyer nas páginas 44 e 45 conta que: Nesse começo furava principalmente lugares mais simples, como orelha, nariz e sobrancelha, e ao mesmo tempo tentava buscar outras informações sobre o assunto, que eram raras esparsas e imprecisas. Nessa época , assim como atualmente, havia dois métodos distintos de se fazer perfuração: o americano e o britânico, que foi o que acabei seguindo também. A técnica havia sido desenvolvida por Alan Oversby, mais conhecido como Senhor Sebastian, um sujeito que, na época em que vivi em Londres, havia se tornado uma lenda urbana.Sendo que não é aceita e nem permitida o uso de agulhas com cateter para colocação de adornos legalmente nos EUA por questões de Lei de saúde, e ainda por convicções a respeito da superioridade das suas próprias agulhas e da rosca interna. 

Esta técnica de uso de cateteres não pegou na América do Norte devido ao referido padrão de rosca externa já ter entrado em desuso como já mencionado sobre o método desenvolvido por Jim Ward de agulhas para piercing e conexões chamados tapers que servem para fixar melhor as partes.  E a rosca interna não pegou na Europa daquela época devido ao tempo de espera e preço que deixaram de ser competitivos e atraentes comercialmente, mesmo tendo razões técnicas de superioridade e lentamente esta sendo substituído. E quando o preço fala mais alto, e citando isso com a influência inglesa na China e esta percebendo mais um nicho de mercado começou a fabricação maciça e em escala industrial de joias para perfuração e da forma mais barata não necessariamente se importando com acabamento de joias, a pureza das ligas de aço. Com a contenção de custos optou-se pela rosca externa na fabricação por ser mais fácil barata e com menos desperdício de matéria prima. A confecção das roscas internas era muito difícil pela dureza do metal tornando a produção lenta e com índice de perda considerável. Assim a técnica britânica se disseminou mais rapidamente pelo mundo abastecido por joias deste mesmo padrão lá usado. Tecnicamente podemos apontar com pontos bons do método americano a relacionar interpretações e habilidades individuais para quem vai fazer a perfuração: 

  • No método europeu, a proteção da rosca externa feita pelo cateter, para alguns aprendizes é mais seguro usar a agulha com cateter pelo fato após a perfuração o bisel metálico e cortante é removida ficando apenas a cânula que pode ser feita de politetrafluoretileno, material altamente inerte ao organismo, flexível e baixa aderência e atrito, servindo de guia no tecido perfurado. A agulha é mais flexível.Quando a gente olha bem de perto da para ficar com medo mesmo de uma rosca dessas passando pela nossa pele, esse e um dos motivos para não ficar trocando direto. Olhando o cateter com rebarbas tambem se entende porque se sente mais dor, mesmo o corte sendo feito com tesoura.
  • O cateter pode ser usado de ambos os lados na sua ponta ou na sua base cortada, assim encaixando-se a haste da joia podendo ter sua rosca interna ou externa conforme combinação de medidas.
  • A rosca em si machuca na passagem pela perfuração, necessita o mínimo de lubrificação, algumas marcas tem diferença entre a agulha e o cateter tornado um pouco mais dolorosa a perfuração, após corte do cateter este pode amassar e delatar com a joia também tornado a passagem da joia mais dolorosa e devido ao formato da perfuração dificulta a drenagem do sangue e a retenção de líquidos podendo assim as perfurações incharem mais, aumenta a necessidade de instrumentos que devem ser esterilizados como tesouras; 
  • O corte do cateter prévio do cateter afeta a estrutura do mesmo perdendo sua resistência e podendo facilmente amassar e não transpor o tecido mais resistente como mamilos e umbigos de indivíduos na hora da perfuração. 

Meme, não sei a autoria da foto quem souber agradeço.

  • O uso de lâminas descartáveis e ponta do bisel para cortar o cateter é reprovável também devido a rebarbas.
  • O uso de joias de rosca externa em agulhas com o mesmo diâmetro também agride tecido e aumenta a lesão local, também provoca mais dor. O uso de joias de mesmo diâmetro das agulhas para Piercing, no Brasil chamado de agulhas americanas exige boas mãos para que não se desencontrem as partes perdendo a perfuração provocando mais dor e sangramento, assim como a perda de mais tempo.



Apoio:Referências:Jim Ward  GAUNTLED INC: Running the Gauntled e Responsible Body Piercing
Paul King, Cold Steel America Piercing and Tattoo, Curador do museu APP e tesoureiroMatte Erickson Alpha-Omega body piercing e arquivista na APPAPP: https://www.safepiercing.org/Piercing World magazine, Pauline Clarke's  revista 9 de março de 1991André Meyer , Lindo de Doerhttps://wiki.bme.com/index.phptitle=Cannula_Piercinghttps://wiki.bme.com/index.php?title=Cannula
x
https://wiki.bme.com/index.php?title=European_Method&redirect=no 

20 de maio de 2017

TATTOO AÇÃO

É amanha pessoal, TATTOO DAY confirmado com 13 tatuadores do estado , Joinville, Lages , São Francisco do Sul, Florianópolis, São José, Palhoça e eu e demais as atrações, venha fazer sua tatuagem por um preço especial e ajude a ATPSC a melhorar o nível da Tattoo catarinense e nacional, tatuadores e Piercers também estão convidados para conhecer o evento e a a associação  que defende a sua profissão #ATPSC



12 de maio de 2017

Este blog

Olá, sabe, quando escrevo aqui é como se estivesse escrevendo e como se ninguém fosse ler, mas leem e vai longe, é diferente de estar no facebook e instragran... É mais impessoal, assim depois de receber milhares de perguntas de pessoas com problemas relacionados a colocação de piercing, Nessas redes a atualização é mais constante e aqui tem que ter mais conteúdo , mais profundidade no assunto e eu tenho muitas, e nem sempre da para ter atender a todos os perfis e para isso é continuo
 O que da para dizer...  detalhes

28 de março de 2017

Cultura e individualismo

Vou descrever uma situação da vida que é bem comum, relacionada a perfuração corporal é claro. Quando você esta saindo da adolescência, sai da escola e vai procurar trabalho e de depara com a pressão de ter que retirar seus adornos para poder achar mais fácil uma posição no mercado de trabalho.


Um adorno corporal  é uma forma de expressão pessoal, muitas vezes de grupos e empregadores em geral não aceitam, é uma descriminação disfarçada e não pronunciada alto o que dificulta sua caracterização e no que se refere a realidade em lugares mais formais o jovem é podado em sua liberdade sendo obrigado a retirar seus adornos visíveis a empregadores e clientes. Isso frustra o individuo, magoa e cria revolta, também anula toda uma cultura da perfuração corporal onde a pessoa em sua maioridade e fase de vida produtiva, com autonomia, onde se tem o próprio dinheiro, para assim concretizar seus gostos e desejos pessoais e individuais.


Afinal cada um vai idealizar fazer, pagar, cuidar para vim um terceiro e chantageá-la com um emprego. Isso interrompe uma cadeia de consumo de uma indústria que cada dia esta se sofisticando a excelência a qualidade. Majoritariamente sem razão disto acontecer, nada além do preconceito e a visão que vai ser pejorativo a imagem da empresa. Não se atentando que cada vez mais as pessoas estão sim expressando como preferem e são um numero expressivo  de pessoas que tem sua autonomia que permita isso como em profissões liberais, artísticas, fomento e tecnologia.


Existem situações onde adornos podem contaminar e afetar a segurança do trabalho. Áreas que lidam com saúde onde anéis podem esconder bactérias criando contaminação cruzada, trabalhos com alimentação: com a preocupação das pessoas tocarem em suas joias e nos alimentos criando a contaminação ou mesmo que um brinco possa cair na produção e ser ingerido posteriormente pelo consumidor levando a prejuízo. Essas são possibilidades já previstas em normas de segurança. Também retratando a vida alternativa dos que não se sujeitam a imposição cultural e vivem de forma menos rígida e formal com trabalhos alternativos que em cada grau pessoal podem tem mais sucesso pessoal ou não.


Com a intenção do registro desse assunto que mexe com o individuo e muitas vezes a sua existência, não resolver quem dera fosse possível. A falta de respeito para com o outro é o fundamento desse problema temos um exemplo pratico que é o descaso da área da saúde em não querer tratar o assunto de forma profissional e sim como um incomodo que muitas vezes causa problemas em seus procedimentos. Como dito as pessoas tem suas posses, seu corpo é uma delas, seus adornos fazem parte, o individuo sofreu um pouco para coloca-lo, muitas vezes estudou a perfuração antes, cuidou e pagou por um serviço. E outro prestador de serviço se acha no direito de tratar isso com descaso, sim tem muitas coisas erradas, mas havendo informação as pessoas mudam com o tempo. O sentido de liberdade e expressão intrínseco a todos os indivíduos sendo respeitado e não havendo a invasão do espaço do outro facilita a harmonia entre a sociedade.


3 de março de 2017

Rumo aos Dez Anos

Completando uma decada de trabalho em equipe muita coisas mudaram, evoluímos nosso trabalho para sempre oferecer o melhor a nossos amigos e clientes.
Demos um repaginada no ambiente para melhor conforto de todos com a mesma segurança que sempre adotamos, continuamos como sendo um estúdio legalizado seguidos das Leis, membro da ATPSC. 
No centro da cidade, bem localizado no coração de Palhoça a 30 minutos do centro de Florianópolis
agendando horários tanto para tatuagem como Piercing. Contamos com os melhores materiais do mercado desde  pigmentos, joias em titânio e ouro para perfurações corporais.
Sempre nos atualizando com as melhores e mais recentes técnicas de trabalho profissional.



















Total de visualizações de página