Marcadores

Mostrar mais

Felipe Klein




Ontem tivemos uma reportagem sobre Felipe Klein, um dos pioneiros da BODYMOD Brasileira, pena que foi sob o olhar da Igreja Universal. Vinculando alcolismo, vicio, depressão, tragedia familiar a modificação corporal. Eu conheci Felipe, não fomos amigos, mas o que conversamos percebi que era tímido e não faria mal a ninguém. Todos temos pressão sobre nossas cabeças e uns lidam melhor do que outros. Ele assim por queria. Pena que partiu tão jovem.
Se todo adolescente que tem pai alcoólatra nesse mundo fosse descontar em modificações teríamos as tolenadas modificados andando pelas ruas, ao invés disso temos prostitutas, viciados em crack, políticos...  Eu vejo muitos dos meus amigos que tem piercings mais extremos e modificações serem pais afetuosos e responsáveis.
O foco nos estúdios de tatuagem que fazem procedimentos mais avançados, mesmo que feito por amigos entre si e não comercialmente foi divulgado de forma a gerar conflito entre médicos e  tatuadores. Termo usado de forma inadequada, hoje seria um modificador corporal mais especializado a inserir objetos pequenos sob a pele de forma asséptica e usando instrumental estéril.
Quando vejo pessoas inconsequentes na sua evolução tecnica dando lição de moral, gostaria de saber se elas aprenderam de verdade ou estão só fazendo média para a televisão.
As pessoas que conhecerem Felipe tem outras lembranças, não as da tragedia passadas em 20 minutos.


Comentários

Jazmin Guimaraes disse…
Ola Cia do piercing
Coloquei um piercing no labio inferio na sexta feira dia 5 se nao me engano, e ta inchado ate hj e o piercong ta meio apertado, tipo monha boca ta partida no meio ja, nao me incomodando mas estou preocupada... Oque devo fazer pra desinchar? Devo trocar o piercing ou ir ao.profissional...? Pf me ajuda... Desde ja obrigada

ASSIS TATUADOR

ASSIS TATUADOR
ARTISTA PERFIL FACEBOOK